top of page

Paternidade centralizada


Estava eu retornando de uma das cidades onde ministro como Pastor, de volta à Grão Mogol, e passando por um pequeno povoado, cruzo com uma cena inusitada.

- Uma galinha com sete pintinhos, atravessando a pista.

De súbito, pisei nos freios e arrastei pneus.


Meu colega de viagem, expressou: - Quase provoca um acidente né pastor!


Aquela cena me fez pensar.

- Onde está o "marido" e "pai" responsável por esta família?

Infelizmente, esta é a dura realidade da maioria dos lares que conheço.

Os filhos são criados unicamente e geralmente pela mãe.


Paternidade centralizada, é o que podemos afirmar. É onde apenas um dos dois exercem o papel responsável de educar os filhos.

Pode ser uma armadilha para o casamento quando a paternidade é centralizada.


Pode acontecer dela variar na atenção da mulher viver unicamente voltada para seus filhos, ou um dos cônjuges viver exclusivamente preocupado com os cuidados e necessidades dos membros da família.


Neste segundo caso, o outro fica à margem do relacionamento, negligenciando seu papel e sendo negligenciado em seu relacionamento e influência.

Não caia nesta armadilha! - Filhos não são para toda a vida! Um dia nós como pais vamos experimentar o que se chama de ninho vazio.


É quando chega o tempo da partida dos filhos, seja para estudar, trabalhar fora ou casarem-se e constituirem suas próprias famílias. Muito embora, o cônjuge, mulher ou marido também não sejam para a vida toda, via de regra, quando o casamento não acaba por falta de nutrientes saudáveis ao relacionamento conjugal, acabam ambos vivendo como irmãos dentro de casa depois da partida dos filhos.


Uma vez que não aprenderam a viver um para o outro, enquanto os educava, não conseguem cultivar um relacionamento reciprocamente amoroso e cortês na velhice, ocasionando assim, em muitos casos, tédio, rotina, canseira, mesmice e fuga para um novo relacionamento.

____________________________________________________________________

Sugestão de Livro grátis:

Baixe gratuitamente o livro: COMO MUDAR AS CIRCUNSTÂNCIAS

____________________________________________________________________

Pais, restaurem os momentos perdidos entre vocês, procurando juntos firmarem passos de mutualidade onde possam participar do crescimento e desenvolvimentos dos filhos.

Algo que com certeza, será grande motivo de saudosismo e palco de longas conversas no leito quando olharem para trás e lembrarem-se de cada momento vivido na vida dos filhos, que contaram com o ensino e participação de seus pais, na construção de suas personalidades.

#família #fracasso #administração #semeadura

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo