top of page

ATÉ O LIMITE DE SUA CONSCIÊNCIA


Você precisa aprender a controlar os limites dos seus impulsos sexuais. A busca pelo prazer é uma das duas premissas básicas que impulsionam o homem em tudo o que faz, a segunda repousa sobre a dor a ser evitada a qualquer custo. Sentir prazer e evitar a dor, é a síntese de partida de todo comportamento humano.


É natural desejar sentir prazer durante uma relação com a pessoa que escolheu para ser seu parceiro.


Entretanto, nesta busca é importante estabelecer limites.


Até onde o casal pode ir na cama é uma das maiores curiosidades. Acredito eu, que esta é uma dúvida de 90% dos casais que enfrentam crises na cama. Uma vez que a maioria dos casais que vivem crises sexuais no ambiente conjugal, raramente procura ajuda profissional para resolver, inclusive por acreditar ser um tabu compartilhar sua intimidade, temos não poucos problemas que têm se tornado cancerígenos para a estabilidade conjugal e familiar.


O que o casal pode fazer na cama?

O que vem a ser coerente ou não no relacionamento conjugal?

É permitido nutrir fantasias durante o ato sexual?


São perguntas comuns, freqüentes que flutuam na cabeça de uma multidão que deseja viver um relacionamento a dois, e ser feliz.

Por se evitar o assunto, uma massa de casais sofrem com a falta de informação clara e precisa dos quais poderiam viver melhor conjugalmente, sem sentir culpa e até mesmo sofrer tentações pela curiosidade que a desinformação provoca.


Uma observação primária que ajuda-nos a entender o contexto do título, é que o padrão de comportamento sexual entre o casal é limitado pelo bom senso, consenso mútuo e respeito.


O sexo dever ser uma pratica saudável para que o faz.


O tempo em que vivemos impõe novos valores e desafios sobre a compreensão da prática sexual. O que se requer nova compreensão portanto do que precisamos entender e praticar.


Muito da auto-condenação que temos as vezes é fruto de tabus, complexos, traumas ou pensamentos incorporado ao longo da vida, que nem sempre corresponde à mutualidade do respeito merecidos.


Assim, sendo, vá até os limites de sua consciência, mas nunca se esqueça, que o sexo saudável é aquele que é bom para os dois.


#sexo #vidaconjugal #relacionamento #casamento #pornografia #fidelidade

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo