top of page

Quebre as algemas que te prendem


"Se pois o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres". (João 8:36)


Pessoas vivem presas ou dentro de celas, ou dentro de suas próprias condições pecaminosas. Jamais poderão ser verdadeiramente livres quem ainda não foi liberto daquilo que os impulsionam à prática do pecado.


Estas mesmas pessoas, todavia, carregam dentro de si, em sua maioria, o sentimento de crença em Deus, quando não; de pertencerem à ele como filhos de Deus.


Não são poucas as pessoas dentre estas, que até frequentam uma igreja cristã compartilhando constantemente comunhão com outros cristãos. Não obstante, vivem nos bastidores de suas lutas íntimas conflitos de natureza diversas, sejam de ordem sexual, emocional ou física, as quais num ciclo vicioso sempre se vêem apanhadas na prática destes vícios.


É o caso do cônjuge que traí seu companheiro e se arrepende de tê-lo feito, mas volta e meia, retorna à cena do crime. Ou da pessoa que tem o hábito de roubar ou furtar o alheio, mas não consegue se libertar dele. O caso do garoto ou garota vítima da prostituição, do alcoolátra, da pornografia, da mentira, da corrupção, da imoralidade.


Tais pessoas estão presas e precisam de alguém para libertá-las. Como que perdidas num labirinto em busca de saída, no entanto, sem nunca encontrarem, vão vivendo, como disse Paulo, o apóstolo: "Mas os homens maus e enganadores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados" (IITm 3:13)

Graças à Deus, existe uma esperança para tais pessoas. Sim, existe esperança para você! - JESUS. Ele veio para libertar os cativos e oprimidos, e dar-lhes vida, e vida em abundância. (João 10:10) Três coisas você precisa saber acerca de Jesus:


Primeiro:


Ele é o filho de Deus. Portanto, capaz de operar em sua vida para promover sua libertação.

Não basta ter uma igreja para frequentar, ler a bíblia, alcorão, ou qualquer livro de cunho religioso. É necessário experimentar a quebra das cadeias que nos prendem. Se o pecado não for morto, o pecador com certeza o será!


Segundo:

A missão de Jesus é Libertar quem tá preso.

Você só terá verdadeiramente experimentado Jesus, se viver na liberdade de praticar seus mandamentos.

A prova da liberdade é a obediência. Infelizmente, ou felizmente aqui vemos se de fato somos ou não livres:


A quem você obedece?

Quais são as práticas que norteiam sua vida cristã?

O que sua igreja ensina com relação a Cristo?

Quais são os desafios de Jesus que você tem superado dia -a - dia?

Se a mensagem que tem ouvido em sua igreja, congregação, ou comunidade não vem de encontro com suas práticas libertinas, receio que não vem do Jesus que liberta.


Para ser livre, o homem precisa ser confrontado com a realidade do seus pecados. - CULPADO!


Assim, a bíblia diz: "O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia" (Pv 28:13)


Terceiro:

Quem experimenta a liberdade em Cristo, não vive na prática do pecado!

"Se, pois o Filho, vos libertar, VERDADEIRAMENTE sereis livres". - Significa que a força do pecado já não atua mais na carne, no coração, na mente e no espírito da pessoa que teve um toque especial de Cristo.


Assim, sei que você não está lendo este artigo por acaso. Deus tem algo especial para realizar em sua vida agora. Jesus disse: "Se, pois o Filho vos libertar". A palavra "Se" denota uma condição.


Jesus não liberta todo mundo apenas porque Ele assim o quer, antes pelo contrário, Ele liberta aqueles que querem serem livres. A liberdade que Ele oferece é uma resposta ao desejo do homem de buscá-lo e se refugiar nele.

Você o quer?

Deseja esta liberdade?


Está disposto a abandonar seus pecados, seu casamento leviano, a prostituição, a idolatria, a mentira, os furtos, os roubos?


Então fale com Ele agora... e seja LIVRE!


Viva este dia em plena liberdade!



#felicidade #salvação #escolhas #mudanças #semeadura #Vidacristã #atitude

0 visualização0 comentário