Promessa para a vida toda


“A Piedade para tudo é proveitosa, porque tem a promessa da vida que agora é e da que há de ser.” (I Tm 4:8)


A vida do cristão é composta de dois tempos: Um enquanto está aqui neste mundo, e o outro, quando subir com o Senhor após a morte do corpo. “a vida que há de ser”.


No entanto, a maioria dos cristãos tratam seu relacionamento com Deus, fundamentado em um de dois extremos: Há aqueles que só vêem Deus como um Deus para o momento, como o gênio da lâmpada, sempre pronto para realizar os seus desejos, e raramente se preocupam com uma vida santificada, onde a expectativa do céu não é nutrida.


O outro extremo, é daqueles que vivem como se a vida cristã fosse apenas transcendental. Devotam a Deus uma vida inteira, por meio de uma fé espiritual, transcendental e vaga; onde o relacionamento com Deus é mais virtual do que um fato real. Uma vida cristã como esta nos leva a questionar a validade da fé praticada pelos mesmos.


Como pode ser fé verdadeira se ela não vê além do tempo presente, ou no segundo caso, acredita em Deus quanto as coisas do porvir, mas nada espera dele com relação as coisas necessárias no presente momento.


Será incapaz tal fé ajudá-los nos pequenos problemas? Se elas não lhes serve para a comida e o vestuário, ou o emprego, ou quanto a decisão a ser tomada com relação a qualquer coisa que venha a precisar; se não lhes serve para isto, o que poderá fazer tal fé por seu espírito no dia do juízo? - Paulo diz-nos: “A piedade para tudo é proveitosa, pois tem a promessa da vida que agora é e da vida que há de ser.” (I Timóteo 4:8)


Prestemos atenção na palavra “Agora”. Ela nos sugere que fé em Cristo Jesus é válida também para o tempo presente, além da promessa da vida futura. Afinal, o Senhor disse: “Ninguém que tenha deixado casas, bens, fazenda, marido mulher, filhos, por amor de mim e do evangelho, que não receba no presente cem vezes mais, com perseguição, e no mundo por vir, a vida eterna” (Marcos 10:29,30) - Sim, as promessas de Deus são para o tempo presente.


Vemos este exemplo na vida dos patriarcas: Abraão por exemplo em toda sua caminhada contava com a direção de Deus, na mudança de um país para outro, no conflito com seu sobrinho Ló, contra os inimigos, com relação ao nascimento de seu filho prometido, e inúmeros outros casos.


No fim de sua vida, a bíblia diz que “em tudo o Senhor o havia abençoado” (Gn 24:1), o que inclui coisas temporais, bem como espirituais. — No caso de seu filho Jacó, Deus proveu-lhe pão para comer, roupa para vestir-se, e retorno em paz para a casa de seu pai, o que reflete o cuidado de Deus para com as coisas temporais ou terrenas.


Assim, vemos no exemplo destes homens que de um modo geral, não havia distinção entre o temporal e o espiritual. A vida deles era um todo! Embora, peregrinos nesta terra, se relacionaram com Deus de modo que a religião deles era sua vida, e a vida deles era sua religião.


Deus quer ter um relacionamento deste com você! O que significa que você pode aproveitar melhor a sua fé, pois ela “Tem a promessa da vida que é agora e da que há de ser”.


Portanto, faça valer na sua vida, por meio da fé as preciosas promessas de Deus, tais como: “Peça-me e te darei as nações por herança” (Sl 2:8); “Se quiseres e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra” (Is 1:19);


“Buscar-me-eis e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração”(Jer.29:13);


“Ora, se vós sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais o vosso pai celestial dará boas coisas aos que lhe pedirem”(Mt 7:11);


“De seis angustias te livrará, e na sétima o mau não lhe tocará” (Jó 5:19);


“Ele te livrará do laço do passarinheiro...” (Sl 91:2)...


Assim, meu querido irmão, guie-se pela fé convicto de que a promessa é para você. Ela é o escudo diário que o Pai te concedeu para abrir como uma chave o armário do céu. (Efésios 6:16).


Por isso, “não andeis ansiosos por coisa alguma” (Mt 6:25 A), antes pelo contrário, “tornai em tudo conhecido diante de Deus, as suas necessidades, por meio da ORAÇÃO, da súplica e da ação de graças” (Filip.4:6,7).


Sim, aquele que foi preparar o céu, não nos deixará desamparado aqui na terra. Ele suprirá todas as nossas necessidades terrenas, pois elas são tão reais, quanto as espirituais; e afinal: “O vosso Pai celestial SABE que necessitais de todas elas” (Lc 12:29). Tenha paz na provisão do Pai, se Ele cuida dos pardais, (Mt 6:26) que dizer de águias como você? (Isaias 40:28-31)


#necessidade #acesso #súplica #petição #piedade #Favordivino #futuro #abençoado

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo